Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

HORA DO COCKTAIL

Um blogue sobre a actualidade, opiniões, política, entretenimento e tudo o resto. Peço já desculpa pelos erros ortográficos, gramaticais e de sintaxe, mas na hora do cocktail o que importa é perder os sentidos.

HORA DO COCKTAIL

Um blogue sobre a actualidade, opiniões, política, entretenimento e tudo o resto. Peço já desculpa pelos erros ortográficos, gramaticais e de sintaxe, mas na hora do cocktail o que importa é perder os sentidos.

É barato ficar gordo

28.05.20 | Maria Magalhães | ver comentários (1)
Há mais de 650 milhões de pessoas que vivem com obesidade!Nas notícias dos últimos tempos tem estado muito em voga falar de como Adele perdeu 45 quilos com a Dieta Sirtfood. Dia 23 de Maio foi o dia Nacional de Luta contra a Obesidade.  Em conversa com diferentes (...)

Restrospectiva de Abril - quase sem Corona

01.05.20 | Maria Magalhães | ver comentários (4)
Para esta Retrospectiva de Abril fiz uma pesquisa nalguns dos mais importantes sites de notícias do Mundo.  Antes tive que rejeitar já quase em modo automático as  infinitas janelas de cookies e direitos de privacidade. Sem surpresa vi que 99,9% das notícias são (...)

Como a cultura pop muda o mundo...

13.01.19 | Maria Magalhães | ver comentários (4)
Como a cultura pop muda o mundo...  Esta Hora do Cocktail vai ser servida como uma dose de whiskey duplo...   Vou vos contar uma história com 255 000 000 resultados no Google, e como 251 000 000 resultados no Google provam essa narrativa, que um dia fará parte da nossa Hist (...)

#Empalamentos

27.12.18 | Maria Magalhães | ver comentários (2)
#Empalamentos  *Nota: Por questões do próprio sentido desta publicação nenhuma imagem aqui colocada vai estar diretamente relacionada com o problema aqui discutido.Óbvio. #EmpalamentosNesta hora do cocktail gostaria de brindar a todos aqueles que se recusam a ver e (...)

Retrospectiva do mês de Novembro - Um buraco no coração

27.12.18 | Maria Magalhães | comentar
Retrospectiva do mês de Novembro - Um buraco no coração(Porque a outra correu tão bem)           Novembro foi um mês de grandes acontecimentos com poucas repercussões no meu dia-a-dia. Graças a Deus.   De uma forma muito infernal a Califórnia ardeu, se eu (...)